Início >> Notícias

Notícias

  • Programa de Seminários do IQ - Junho/2016

23 de junho – quinta-feira
16h00
Auditório “Inés Joekes”

“Plataforma sensora para análise de ar exalado”
Dra. Paula R. Fortes, DQA, IQ-UNICAMP

Resumo: Os seres humanos exalam naturalmente centenas de compostos voláteis e não-voláteis e o seu perfil molecular (i.e. impressão digital molecular) pode ser influenciado pela dieta alimentar, genética ou ainda pela condição fisiológica específica ou momentânea do indivíduo. O perfil dos compostos orgânicos voláteis (VOCs) presente no exalado pode, desta forma, ser utilizado como indicativo de certos tipos de doenças (e.g. câncer de mama, câncer de pulmão, asma, esquizofrenia, diabetes entre outras), estágio de desenvolvimento ou ainda a evolução do tratamento clínico/médico. Esforços no sentido de se correlacionar os biomarcadores presentes no ar exalado às doenças e/ou infecções têm sido reportado na literatura com o objetivo de se compreender o perfil molecular, contribuindo para a identificação precoce de doenças e para o tratamento clínico personalizado. Neste cenário, os métodos analíticos e a tecnologia de sensores devem ser suficientemente capazes de discriminar moléculas e de quantificar os constituintes selecionados em níveis de concentração variando entre ppm-ppt. Dada a complexidade da matriz da amostra, o desenvolvimento de dispositivos sensores requer alta seletividade analítica de forma que a discriminação e identificação dos compostos possa ser realizado, ou ainda possibilitar a combinação de métodos analíticos complementares a fim de acessar o perfil de biomarcadores e prover informações relevantes para um diagnóstico clínico/médico. O acoplamento de sensores no infravermelho médio e sensores luminescente (MIR-LS) amplia o acesso à gama de constituintes presentes no ar exalado endereçáveis ao diagnóstico de doenças, tornando-se um conceito atraente no que tange o desenvolvimento de novas tecnologias de detecção portáteis e combinadas, visando facilitar a introdução de uma nova geração de sensores para diagnósticos clínicos.

e-mail: prfortes@gmail.com