Início >> Grande Prêmio CAPES de Teses

Grande Prêmio CAPES de Teses

Em parceria com a Fundação Conrado Wessel, o Grande Prêmio Capes de Tese é outorgado para a melhor tese selecionada entre as vencedoras do Prêmio Capes de Tese, agrupadas em três grupos de grandes áreas:

Nas Engenharias, Ciências Exatas e da Terra e Multidisciplinar (Materiais e Biotecnologia), o vencedor foi Caio Costa Oliveira, orientado pelo professor Carlos Roque Duarte Correia, do Programa de Pós-Graduação em Química da Universidade Estadual de Campinas. “A gente trabalha bastante e sempre busca estar na fronteira do conhecimento, de novas tecnologias. O prêmio deixa a gente muito feliz porque é a prova de que fomos capazes de construir ciência de qualidade, o que é o mais importante.”

15122016 premio capes tese web 0801

Entre 48 teses premiadas no Prêmio Capes de Tese 2016, três foram escolhidas para o Grande Prêmio. (Foto: Haydée Vieira - CCS/Capes)

“Reações de Heck Intermoleculares com Olefinas não-ativadas. Processos Direcionados Pelo Substrato e Formação Enantiosseletiva de Centros Terciários e Quaternários na Presença de Ligantes Nitrogenados”, na área de química orgânica, foi o trabalho premiado. “A tese busca maneiras de funcionalizar moléculas, por meio de anéis aromáticos para produzir novos materiais e novos fármacos, novas estruturas com atividades química e biológica, de amplo espectro”, explica o vencedor.

Na grande área Ciências Biológicas, Ciências da Saúde e Ciências Agrárias, o vencedor foi Anderson Messias Rodrigues, orientado pelo professor Zoilo Pires de Camargo do Programa de Pós-Graduação em Microbiologia e Imunologia da Universidade Federal de São Paulo. “Nós trabalhamos com doenças negligenciadas, que são aquelas doenças que geralmente envolvem pessoas que vivem em extrema pobreza e que não há politicas públicas para contenção. Quando há o reconhecimento desse trabalho é algo extremamente gratificante, tanto para nós do programa quanto para o avanço do conhecimento da área.”

Por ser da área de saúde, Anderson também foi um dos escolhidos pelo Prêmio Capes/Interfarma, acumulando R$ 31 mil de uma premiação e U$15 mil de outra. “O valor é expressivo. É um incentivo para continuar estudando especialmente nessa época de cortes no investimento na área de pesquisa”, definiu. O trabalho três vezes premiado foi “Patógenos Emergentes No Gênero Sporothrix e a Evolução Global da Patogenicidade”.

15122016 premio capes tese web 9695

A seleção das melhores teses é feita por comissões formadas por membros da comunidade em cada área. (Foto: Haydée Vieira - CCS/Capes)

 

Nas Ciências Humanas, Linguística, Letras e Artes e Ciências Sociais Aplicadas e Multidisciplinar (Ensino), a vencedora foi Laura Rodrigues Santonieri, orientada pelo professor Mauro William Barbosa de Almeida, do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Estadual de Campinas. “Estou muito feliz, foi uma tese realmente desafiadora. Especialmente pelo caráter interdisciplinar, tive que aprender muito de agronomia. Foi um trabalho que mudou meu entendimento de mundo, minha vida, foi uma verdadeira jornada. Nunca pensei que pudesse chegar aqui, quase abandonei no meio do caminho. Hoje, estar aqui com esse grande prêmio é um reconhecimento absurdo”, definiu.

 

 

15122016 premio capes tese web 9830

José Moscogliatto Caricatti, superintendente da Fundação Conrado Wessel, que é uma das parceiras do prêmio. (Foto: Haydée Vieira - CCS/Capes)

A tese “Agrobiodiversidade e Conservação Ex-Situ: Reflexões Sobre Conceitos e Práticas a partir do caso da Embrapa/Brasil” lida com o avanço da fronteira agrícola. “A proposta é fazer uma discussão a partir do contexto sobre a perda de diversidade agrícola e pensar na conservação da diversidade do ponto de vista científico e do ponto de vista das comunidades tradicionais”, explicou.

O Grande Prêmio consiste em certificado de premiação, troféu e bolsa de pós-doutorado internacional de até 12 meses para o autor da tese; auxílio para uma participação em congresso internacional, para o orientador, no valor de R$ 9 mil; certificado de premiação ao orientador, coorientador e ao programa em que foi defendida a tese; e passagem aérea e diária para o autor e um dos orientadores da tese premiada para que compareçam à cerimônia de premiação. Pela Fundação Conrado Wessel, são oferecidos três prêmios no valor de U$ 15 mil cada um para cada premiado nas três grandes áreas.,

 

 

 

 

 

Fonte: http://www.capes.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/8197-cerimonia-consagr...