Início >> Institucional Departamentos >> Pedro Luiz Onófrio Volpe

Pedro Luiz Onófrio Volpe

Formação Acadêmica
MS-6 - Professor Titular
Lic. Quím. (FFCL-Araraquara-1970); Mestre Quím. (ITA-Instituto Tecnológico da Aeronáutica-1973); Dr. Ciências (UNICAMP-1978); Pós-doutorado (University of London (08/1982-08/1984); Livre Docente (UNICAMP-1999); Professor Adjunto (UNICAMP-2000).

Contato
Instituto de Química, Caixa Postal 6154, Campinas, SP, 13083-970 
Sala E-209
Fax 55 19 3521 3023
Fone 55 19 3521 3091
volpe@iqm.unicamp.br
Departamento de Físico-Química

Pesquisa
Termoquímica: determinação da entalpia de reação utilizando técnicas calorimétricas. Um reagente (titulante) é adicionado a outro reagente (titulado) e a variação de entalpia do sistema produzida por reação química ou interação física é medida. Os dados na forma de calor versus número de moles do tilulante adicionado são analisados para fornecer informações sobre as reações que ocorrem e as quantidades termodinâmicas K, delta H e delta S.
Calorimetria e Microcalorimetria Aplicada a Sistemas Químicos de Natureza Biológica: todos os processos sejam eles químicos físicos ou biológicos, são acompanhados por uma produção ou absorção de calor. A quantidade de calor está relacionada com a extensão do processo, e o calor desenvolvido para um dado processo é proporcional à intensidade ou à velocidade do processo. Utilizando as técnicas calorimétricas o calor produzido no crescimento e atividade de microorganismos, processos de fermentação, avaliação de biomassas, testes do potencial de compostos bioativos, medida da atividade biológica de compostos, interação compostos bioativos-células, catálise enzimática, etc, podem ser registrados em tempo real. As investigações microcalorimétricas de sistemas químicos bioquímicos e biológicos, diferentemente de outros métodos, não requerem objetos opticamente transparentes, permitindo que sejam usadas em sistemas não transparentes tais como suspensão de compostos bioquímicos, células e tecidos.
Membrana Líquida Hidrofóbica - Transporte de Espécies Químicas Iônicas e Neutras: estudo do transporte de espécies químicas através de membranas líquidas utilizando como técnica o método "Bulk Liquid Membrane" (BLM). As membranas líquidas têm sido estudadas como modêlos que mimetizam membranas bilógicas e como maneira de se efetuar separações de espécies químicas iônicas e neutras a partir de soluções bastante diluídas nestas espécies. Dentre os muitos mecanismos de transporte de espécies iônicas através de membranas líquidas, o transporte mediado por carregadores macrocíclicos é um dos mecanismos mais importantes para a remoção seletiva de um íon a partir de uma solução diluída. Através do método BLM pode-se determinar as propriedades termodinâmicas do processo de transferência de fase, assim como o potencial de um novo carregador no processo de transporte.

Publicação
Currículo Lattes