Início >> Notícias

 

HORÁRIO DE ATENDIMENTO DA SECRETARIA

De Segunda à Quinta-feira - das 09h15 às 10h45 e das 13h30 às 16h

Sextas-feiras - Não há atendimento

 

 

Fone (19) 3521-3004

cpgiq@iqm.unicamp.br


 

DISSERTAÇÕES E TESES HOMOLOGADAS

DIPLOMAS EXPEDIDOS

 

Processo Seletivo do 2º Semestre/2017

 

Data da prova: 05/06/2017 - 14h00

 

A relação de candidatos e locais será divulgada até 01 semanas antes da prova

 

Locais de prova fora de Campinas (Salas)

Locais de prova em Campinas (Salas)

 

CONSULTA DE SEMINÁRIOS

Convalidados

Eletrônicos
 

Notícias

Bloco 1: 

 

HORÁRIO DE ATENDIMENTO DA SECRETARIA

De Segunda à Quinta-feira - das 09h15 às 10h45 e das 13h30 às 16h

Sextas-feiras - Não há atendimento

 

 

Fone (19) 3521-3004

cpgiq@iqm.unicamp.br

 

DISSERTAÇÕES E TESES HOMOLOGADAS

DIPLOMAS EXPEDIDOS

 

Bloco 2: 

Processo Seletivo do 2º Semestre/2017

 

Data da prova: 05/06/2017 - 14h00

 

A relação de candidatos e locais será divulgada até 01 semanas antes da prova

 

Locais de prova fora de Campinas (Salas)

Locais de prova em Campinas (Salas)

 

CONSULTA DE SEMINÁRIOS

Convalidados

Eletrônicos
 

  • Café com Química

"Crise no Brasil e a repercussão na universidade"
Prof. Dr. Roberto Romano - IFCH/Unicamp

31 de maio - quarta-feira, 17h
Sala IQ-06

Resumo: Após o fenômeno planetário da globalização, os Estados nacionais perderam a soberania plena, por eles reivindicada desde os primórdios da modernidade.  Como não conseguem efetivar os três monopólios estatais requeridos pela soberania (monopólio da força física, da norma jurídica, dos impostos) e tendo em vista a enorme urbanização ocorrida no século 20, nenhum Estado consegue hoje  atender às demandas públicas (saneamento, saúde, educação , segurança , etc). Dentre as áreas que perdem recursos estão as ciências e as técnicas não conectadas imediatamente ao mercado ou a guerra. Assistimos, mesmo em países ricos e com alto desenvolvimento científico, carências de financiamento, inovação , abertura para as novas gerações. No Brasil todos aqueles óbices aumentam, o que integra a crise política, econômica, universitária. Encontrar saídas para tais crises exige muito labor científico e muita coragem ética. Tal deve ser o alvo primordial das universidades públicas paulistas, dentre elas a Unicamp.