Universidade Estadual de Campinas

Instituto de Química

QG 661

 

 

 

 

 

 

1° Trabalho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Detergente LIMPOL Neutro : composição,

história e aplicações

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nome : Clarissa Cercal RA : 962091

Nome : José Camillo Lins Neto RA : 940219

Responsável : Prof. Dr. Watson Loh

 

 

Data de entrega : 13 de setembro de 1999

 

 

 

Histórico

 

O processo de lavagem realizado pelo homem há milênios era então muito simples: lavanderias de qualquer tipo eram sujeitas à tratamento puramente mecânico, o qual consistia em bater, calcar com os pés, esfregar e outros procedimentos similares. Mas já era de conhecimento, no entanto, que o poder de lavagem da água podia ser aumentado de vários modos: foi descoberto que a água da chuva, por exemplo, era mais adequada para lavagem do que a água normal; a água quente mostrou também possuir maior poder de lavagem do que a fria, e certos aditivos pareciam aperfeiçoar a eficácia da água.

Os egípcios empregavam o uso de aditivos, como a soda, que foi posteriormente suplementada com silicato de sódio para tornar a água mais branda. Essas duas substâncias formaram a base para a primeira marca de detergente comercial a aparecer no mercado alemão, Henkel’s Bluchsoda, introduzida em 1878. Usada juntamente com o sabão, o qual é conhecido desde a antigüidade, este produto prevenia a formação de substâncias inativas conhecidas como "sabões de cal".

O sabão é o mais velho dos surfactantes. Por mais de 3000 anos foi considerado estritamente como um cosmético – mais particularmente como uma pomada para cabelo – e como um remédio. Somente nos últimos 1000 anos começou a ser usado com o propósito geral de atuar como agente de lavagem e limpeza. Gradualmente foi substituído por surfactantes sintéticos, com suas características mais favoráveis. Os primeiros substituintes práticos para os sabões foram os sulfatos de álcoois de gorduras, descobertos na Alemanha por Bertsch em 1928. A disponibilidade de alquil sulfatos sintéticos baseados em gorduras naturais tornou possível o primeiro detergente neutro para lavagens mais delicadas: Fewa, introduzido na Alemanha em 1932, seguido em 1933 pelo americano Dreft.

Os sulfatos de álcoois de gorduras e seus derivados são atualmente muito utilizados em produtos para limpeza pesada, detergentes especiais, agentes em lavagem de louças, cosméticos e artigos de toalete. A aceitação geral em todo o mundo pelos surfactantes sintéticos, com a sua sensibilidade à dureza da água reduzida em relação ao sabão é resultado do desenvolvimento tecnológico a partir da 2a Guerra Mundial, com a inclusão de novos compostos como agentes de branqueamento, alvejantes e outros.

 

Como funciona um detergente?

 

A lavagem e limpeza em um liquor de lavagem é um processo complexo que envolve a interação cooperativa de influências físicas e químicas. Em um sentido mais amplo, a lavagem pode ser definida por dois aspectos: a remoção pela água ou por uma solução aquosa de surfactante de resíduos pouco solúveis e pela dissolução de impurezas solúveis em água.

É claro que a função mais importante do detergente é retirar a sujeira, mas como já foi dito isso não é tão simples, pois a eficiência do detergente depende do tipo de sujeira e do que se quer limpar.

A dificuldade nos processos de limpeza se dá pelo fato da água não se espalhar igualmente pelo tecido ou sobre qualquer outra superfície. Ela se concentra em gotas, sendo que em alguns pontos teremos gotas e em outros não. Esse fenômeno é resultado da tensão superficial da água. Para diminuir essa tensão superficial, os detergentes possuem em sua composição os agentes tensoativos, que fazem com que a água se distribua de forma homogênea sobre a superfície, facilitando a retirada das partículas de sujeira e impedindo que elas se liguem novamente à superfície.

 

Algumas características do produto escolhido

 

 

Limpol é uma das marcas mais conhecidas e comercializadas do Brasil. Na pesquisa Data folha, ela aparece em sétimo lugar no ranking, numa disputa que engloba marcas de todas as categorias de consumo.

O produto Limpol Neutro apresenta-se na forma de um líquido concentrado, em frasco de polietileno de alta densidade com tampa de polietileno de baixa densidade e sobre-tampa em polipropileno. O rótulo é feito com papel mais resistente à água. O produto é vendido nos volumes 500mL, 1L e 5L.

A função do produto é a remoção completa de sujidade gordurosa de louças, copos, panelas e outras superfícies.

 

Composição do produto e emprego de cada substância

 

 

Composição: linear alquilbenzeno sulfonato, hidróxido de sódio, trietanolamina, polidietanolamida de ácido graxo de coco, lauril éter sulfonato de sódio, sulfato de magnésio, hidroxietil celulose, EDTA tetrassódico, 5-cloro-2-metil-4-isotiazolin-3-one, 2-metil-4-isotiazolin-3-one, corantes CI19140 e CI acid red 283, extrato vegetal de ervas, água.

 

Componente ativo: linear alquilbenzeno sulfonato de sódio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Composição percentual, informações toxicológicas e biodegradabilidade.

 

Composição percentual:

 

 

Toxicidade: irritante de olhos, mucosas e eventualmente de pele, principalmente nos contatos prolongados. Abaixo seguem os sintomas e primeiros socorros para os órgãos que possuem algum risco de contato:

 

 

 

Biodegradabilidade

 

A biodegradação é a destruição dos compostos químicos pela ação biológica de organismos vivos. As bactérias são os principais microorganismos capazes de promover a destruição dos detergentes, sendo o processo genérico uma oxidação seguida de uma quebra sucessiva de moléculas orgânicas.

Na biodegradação primária a molécula de detergente é quebrada ou modificada de modo a não apresentar as características de um detergente; isto faz com que os efeitos do tensoativo não sejam mais notados.

A biodegradação final é a conversão da molécula em dióxido de carbono, água, sais inorgânicos e produtos diretamente reaproveitáveis pelo microorganismo.

As bactérias aeróbicas são as que mais participam do processo de biodegradabilidade dos detergentes, pois o oxigênio é indispensável para a oxidação das moléculas. Fatores como pH, temperatura, presença de substâncias intermediárias são muito importantes. Na biodegradação primária, cerca de 95% das moléculas de alquilbenzeno sulfonato são degradadas em quatro horas, enquanto que o alquil sulfato ramificado tal processo possui a duração de três semanas.

 

 

Patentes que possuem o componente ativo LAS

 

 

 

 

 

Bibliografia

 

Livro Base: JAKOBI, G. e LÖHR, A. Detergents and textile washing : Principles and practice, 1a edição, editora VCH, 1987.

 

Patentes: Chemical Abstracts CD-ROM 1941/1998.

 

Informações Limpol : material gentilmente enviado pelas empresas BOMBRIL-CIRIO, através do serviço de atendimento ao consumidor S.A.C.