Projeto Pedagógico

Objetivos

O curso de graduação em Química tem a finalidade de formar profissionais aptos para se inserir no mercado de trabalho, tendo uma participação ativa no desenvolvimento da sociedade, particularmente nas decisões que envolvem o conhecimento químico e nos processos educativos.

Os esforços para a formação dos profissionais de nossos cursos, em um contexto social dinâmico em termos de modificações e novas demandas, pretendem atingir um conjunto de metas, com respeito à formação desses profissionais em aspectos técnicos e humanísticos. Destacam-se os seguintes objetivos específicos:

  • Oferecer uma base sólida e integrada de conhecimentos que integram o conjunto dos campos de saberes envolvidos na educação química, de maneira a capacitar o futuro profissional para resolver uma ampla gama de problemas no contexto da educação química.
  • Estimular o desenvolvimento do espírito científico, reflexivo e ético.
  • Fornecer conhecimento geral de problemas regionais, nacionais e mundiais, nos quais estão inseridos conhecimentos químico e educacional e que são objeto de trabalho dos professionais de química.
  • Criar mecanismos para estimular o desenvolvimento do senso crítico.
  • Conscientizar o profissional em formação sobre problemas de ordem global, referentes às questões ambientais, com estímulo para o desenvolvimento do senso de preservação da vida e do meio ambiente.
  • Desenvolver a capacidade de elaborar e divulgar o conhecimento científico para diferentes públicos e com diferentes mídias.
  • Estimular a participação e o desenvolvimento de projetos, acadêmicos ou sociais, em atividades de pesquisa ou extensão universitária, buscando a inserção acadêmica e social, com o apoio do corpo docente e demais membros da comunidade universitária.

Do Perfil Profissional do Egresso

O IQ forma profissionais que devem ser capazes de atuar de forma plena, autônoma e colaborativa como educadores, produzir e compartilhar conhecimento, e lidar com situações desafiadoras em relação aos objetivos profissionais pretendidos. Buscamos estimular perfis com os seguintes aspectos:

  • Ética, pró-atividade e autonomia.
  • Excelência de conhecimento associado à capacidade de trabalhar em equipe.
  • Compromisso com o autodesenvolvimento, estimulando a iniciativa de buscar novas formas de conhecimento e estratégias de trabalho, ensino e pesquisa.
  • Capacidade analítica.
  • Versatilidade e criatividade, em termos de encontrar soluções rápidas e eficientes para problemas.
  • Domínio da língua portuguesa para produção, análise e utilização de diferentes gêneros de textos em relatórios, resenhas, livros, material didático, divulgação científica e apresentação oral.
  • Conhecimento básicos de informática, destacando-se o domínio dos editores de texto, planilhas, mídias digitais, redes sociais e tecnologias de ensino.
  • Domínio, pelo menos da parte técnica, do idioma inglês ou espanhol.
  • Amadurecimento e adequação ao ambiente profissional.
  • Desenvolvimento de interação, integração, comunicação e capacidade de liderança.
  • Habilidade para lidar adequadamente com adversidades, buscando bons resultados.

Competências e Habilidades Pretendidas

Nos cursos de graduação do IQ são formados profissionais com três perfis distintos a partir dos cursos de Bacharelado em Química, Bacharelado em Química Tecnológica e Licenciatura em Química. Em qualquer uma destas habilitações, o profissional deve ser capaz de difundir e utilizar o conhecimento adquirido ao longo de sua formação para o bem da sociedade, atendendo às suas necessidades dentro de padrões de ética, respeito à cidadania e preservação do meio ambiente.

As atividades que os profissionais da Química podem desempenhar são determinadas por uma resolução normativa do Conselho Federal de Química – CFQ, desde 1974. Segue o elenco de atividades dos profissionais da Química (Resolução Normativa CFQ. n° 36 de 25/04/74, DOU de 13/05/74):

1) Direção, supervisão, programação, coordenação, orientação e responsabilidade técnica no âmbito de suas atribuições respectivas.
2) Assistência, assessoria, consultoria, elaboração de orçamentos, divulgação e comercialização no âmbito das atribuições respectivas.
3) Vistoria, perícia, avaliação, arbitramento de serviços técnicos, elaboração de pareceres, laudos e atestados, no âmbito das atribuições respectivas.
4) Exercício do Magistério, respeitada a legislação específica.
5) Desempenho de cargos e funções técnicas, no âmbito das atribuições respectivas;
6) Ensaios e pesquisas em geral. Pesquisas e desenvolvimento de métodos e produtos.
7) Análises química e físico-química, químico-biológica, bromatológica, toxicológica, biotecnológica e legal, padronização e controle de qualidade.

O curso de Bacharelado em Química Tecnológica do IQ forma profissionais que, além dessas atribuições, também possuem as que seguem:

8) Produção, tratamentos prévios e complementares de produtos e resíduos.
9) Operação e manutenção de equipamentos e instalações; execução de trabalhos técnicos.
10) Condução e controle de operações e processos industriais, de trabalhos técnicos, reparos e manutenção.
11) Pesquisa e desenvolvimento de operações e processos industriais.
12) Estudo, elaboração e execução de projetos de processamento.
13) Estudo da viabilidade técnica e técnico-econômica no âmbito das atribuições respectivas.

O curso de Licenciatura em Química do IQ forma Professores de Química que também têm todas as atribuições de profissionais da Química arroladas de 1 a 7.

Bacharelado em Química e em Química Tecnológica

  • • Conhecimento sólido e abrangente na área de atuação, garantido pelo domínio do saber sistematizado dos conteúdos da Química, com domínio das técnicas básicas de utilização de laboratórios e equipamentos necessárias para garantir a qualidade dos serviços prestados, e para desenvolver e aplicar novas tecnologias de modo a ajustar-se à dinâmica do mercado de trabalho.
    • Habilidades matemáticas suficientes para compreender conceitos químicos e físicos, para desenvolver formalismos que unifiquem fatos isolados e modelos quantitativos de previsão, com o objetivo de compreender modelos probabilísticos teóricos, no sentido de organizar, descrever, arranjar e interpretar resultados experimentais, inclusive com auxílio de métodos computacionais.
    • Capacidade crítica para analisar de maneira conveniente os seus próprios conhecimentos, assimilar os novos conhecimentos científicos e tecnológicos, e refletir sobre o comportamento ético que a sociedade espera de sua atuação, sobretudo em um mercado de trabalho competitivo.
    • Capacidade de trabalhar em equipe e ter uma boa compreensão das diversas etapas que compõem uma pesquisa ou um processo industrial.
    • Interesse no auto aperfeiçoamento contínuo, curiosidade e capacidade para estudos extracurriculares individuais ou em grupo, espírito investigativo,

    criatividade e iniciativa na busca de soluções para questões individuais e coletivas relacionadas com a Química, bem como para acompanhar as rápidas mudanças tecnológicas decorrentes da interdisciplinaridade, como forma de garantir a qualidade dos serviços prestados e de adaptar-se à dinâmica do mercado de trabalho.
    • Formação humanística que permita exercer plenamente sua cidadania e, enquanto profissional, respeitar o meio ambiente, o direito à vida e ao bem-estar dos cidadãos que direta ou indiretamente são alvo do resultado de suas atividades.
    • Engajamento na luta pela cidadania como condição para a construção de uma sociedade justa, democrática e responsável.

  • • Compreensão dos conceitos, leis e princípios da Química, incluindo Química Quântica.
    • Conhecimento das propriedades físicas e químicas principais dos elementos químicos, das substâncias orgânicas e inorgânicas, que possibilitem entender e prever o seu comportamento, além de permitir transformações e novas preparações.
    • Acompanhamento e compreensão dos avanços científico-tecnológicos, inclusive nos seus aspectos interdisciplinares.
    • Reconhecimento da Química como um elemento da construção humana, compreendendo os aspectos históricos de sua produção e suas relações com os contextos cultural, socioeconômico e político.

  • • Capacidade de compreender, interpretar e redigir textos científico-tecnológicos.
    • Capacidade de interpretar e utilizar as diferentes formas de representação (tabelas, gráficos, símbolos, expressões).
    • Capacidade de comunicar corretamente projetos e resultados de pesquisa na linguagem científica, oral e escrita.
    • Capacidade de comunicação oral e escrita para a interação com seus pares no contexto social e profissional.

  • • Capacidade de fazer buscas nas fontes de informação relevantes (bibliotecas, coleções, meios eletrônicos e remotos), identificando e avaliando criticamente aquelas que possibilitem a contínua atualização técnica, científica e humanística.

  • • Capacidade de investigar os processos naturais e tecnológicos, controlando variáveis, identificando regularidades, interpretando e procedendo a previsões.
    • Habilidades técnicas fundamentais do trabalho em laboratório, ou seja, capacidade de conduzir análises químicas qualitativas e quantitativas e determinação estrutural de compostos orgânicos e inorgânicos por métodos clássicos e instrumentais, bem como conhecer os princípios de funcionamento dos equipamentos utilizados;
    • Capacidade de realizar síntese e caracterização de compostos orgânicos e inorgânicos diversos, bem como de macromoléculas e materiais poliméricos.
    • Noções de classificação e composição de minerais.
    • Capacidade de efetuar a purificação de substâncias e materiais diversos.
    • Capacidade de determinar as características físico-químicas de substâncias e sistemas diversos.

    • Noções dos principais processos de preparação de materiais para uso da indústria química, eletrônica, óptica, biotecnológica e de telecomunicações modernas.
    • Capacidade de elaborar projetos de pesquisa.
    • Conhecimentos básicos do uso de computadores e sua aplicação em química.
    • Conhecimento dos procedimentos de segurança no trabalho, inclusive para expedir laudos de segurança em laboratórios, indústrias químicas e biotecnológicas.
    • Conhecimento e utilização de processos de descarte de materiais e resíduos químicos, tendo em vista a preservação do meio ambiente.
    • Conhecimento dos procedimentos éticos na pesquisa e no trabalho de rotina.
    • Capacidade de planejar e desenvolver processos e operações industriais.

  • • Capacidade de realizar avaliação crítica da aplicação do conhecimento químico tendo em vista o diagnóstico e o equacionamento de questões sociais e ambientais.
    • Capacidade de reconhecer e aplicar os limites éticos envolvidos na pesquisa e na aplicação do conhecimento científico e tecnológico.
    • Curiosidade intelectual e interesse pela investigação científica e tecnológica, de forma a utilizar os conhecimentos cientifica e socialmente acumulados na produção de novos conhecimentos.
    • Consciência da importância social da profissão como possibilidade de desenvolvimento social e coletivo.
    • Capacidade de identificar e apresentar soluções criativas para problemas relacionados com a Química ou relacionados à sua área de atuação.
    • Capacidade de assessorar o desenvolvimento e a implantação de políticas ambientais.
    • Capacidade de disseminar e difundir e/ou utilizar o conhecimento relevante para a comunidade pensada como um todo.
    • Capacidade de vislumbrar possibilidades de ampliação do mercado de trabalho, no atendimento às necessidades da sociedade.

  • Este projeto contempla as diretrizes curriculares definidas no Parecer CNE/CES 1.303/2001 que, de acordo com a Resolução CNE/CES 8, de 11 de março de 2002, devem orientar a formulação dos projetos pedagógicos dos cursos de Química, Bacharelado e Licenciatura Plena.

    O curso está estruturado em semestres, sendo que os conteúdos básicos de Física e Matemática estão distribuídos ao longo dos quatro primeiros semestres, exceto para o curso de Bacharelado em Química Tecnológica Noturno. Esses conteúdos são comuns ao curso de Licenciatura em Química.

    Para o Bacharelado, conteúdos específicos estão centralizados entre o segundo e sexto semestres enquanto para o Bacharelado em Química Tecnológica oferecido no período diurno estão distribuídos até o sétimo semestre, reservando-se os dois últimos semestres para disciplinas eletivas e estágios.

    Para concluir o Bacharelado, o aluno deve cursar duas disciplinas de Projetos de Pesquisa em Química (QG770 e QG870), nas quais desenvolverá um projeto de pesquisa científica sob orientação de um docente do Instituto de Química. Este projeto pode estar associado a um trabalho de Iniciação Científica desde que o mesmo esteja sendo desenvolvido nos semestres em que o aluno estiver matriculado nas disciplinas acima. No caso do Bacharelado em Química Tecnológica, o aluno deverá fazer um estágio em empresa do ramo químico, conforme descrito no item 6. Ambas as habilitações preveem um conjunto de disciplinas eletivas (16 e 12 créditos, respectivamente) a serem escolhidas entre um bloco de disciplinas oferecidas pelo Instituto e entre todas as disciplinas oferecidas pela Unicamp. Exceto por algumas especificidades, os cursos Bacharelado em Química Tecnológica diurno e noturno guardam estreita semelhança em sua grade de disciplinas.

    Um aspecto a ser ressaltado na organização dos cursos de Química da Unicamp é a elevada carga horária dedicada a atividades experimentais em laboratórios de Química, inclusive com abordagem interdisciplinar.

    Na sequência, apresentamos as estruturas curriculares dos cursos de Bacharelado em Química do IQ. A Tabela 1 descreve a estrutura do Bacharelado, com a identificação dos blocos de disciplinas eletivas na Tabela 2. As Tabelas 3 a 6 trazem as informações do Bacharelado em Química Tecnológica diurno e noturno, com seus respectivos blocos de disciplinas eletivas.

    Tabela 1: Estrutura curricular do Curso de Bacharelado em Química

    PeríodoDisciplinas ObrigatóriasCréditos EletivosTotal de Créditos
    MA111(6), MA141(4), QG005(1), QG108(4), QG109(4), QG362(2)021
    QI145(4), F128(4), F129(2), MA211(6), QO321(4), QA282(8)028
    MA311(6), QA383(2), QA381(2), QO521(6), QF431(4), QI345(4)024
    QF531(4), QO423(2), QO424(2), F328(4), QG464(4), QA481(2), QA483(2), QI245(2)022
    QI545(2), QF536(4), QA583(2), QO551(4), QA584(6), QG564(8)026
    QA815(4), QG664(4), QF661(4), QO622(8), QF632(8)028
    QG770(4), QI542(8), QO653(4)824
    QG870(16)824
    Total16197

    Tabela 2: Conjunto de disciplinas eletivas do curso de Bacharelado (Diurno)

    CréditosDisciplinas Eletivas Específicas
    8QA85-, QA91-, QA92-, QF85-, QF93-, QF94-, QG96-, QG97-, QI85-, QI94-, QI95-, QO92-, QO93-

    , QO85-

    8Qualquer disciplina de Graduação oferecida pela UNICAMP

    Tabela 3: Estrutura curricular do Curso de Bacharelado em Química Tecnológica Diurno

    PeríodoDisciplinas ObrigatóriasCréditos EletivosTotal de Créditos
    MA111(6), MA141(4), QG005(1), QG108(4), QG109(4), QG362(2)021
    QI145(4), F128(4), F129(2), QA282(8), MA211(6), QO321(4)028
    QF431(4), MA311(6), QI345(4), QO521(6), QA383(2), QA381(2)024
    QI245(2), F328(4), QF531(4), QG464(4), QA481(2), QA483(2), QO423(2), QO424(2)022
    QI545(2), EQ481(4), QF530(4), QO551(4), QA583(2), QA584(6), QG564(8)030
    QA815(4), QF661(4), EQ582(4), QF632(8), QO622(8)028
    EM312(4), QF053(4), QF835(4), QI542(8), TA918(4)428
    QG080(8)1220
    Total12201

    Tabela 4: Conjunto de disciplinas eletivas do Bacharelado em Química Tecnológica Diurno

    CréditosDisciplinas Eletivas Específicas
    8QA85-, QA91-, QA92-, QF85-, QF93-, QF94-, QG96-, QG97-, QI85-, QI94-, QI95-, QO92-, QO93-

    , QO85-

    8Qualquer disciplina de Graduação oferecida pela UNICAMP

    Tabela 5: Estrutura curricular do Curso de Bacharelado em Química Tecnológica Noturno

    PeríodoDisciplinas ObrigatóriasCréditos EletivosTotal de Créditos
    MA111(6), MA141(4), QG108(4), QG362(2)016
    F128(4), F129(2), MA211(6), QG109(4)016
    MA311(6), QA282(8), QI145(4), QO321(4)022
    QA381(2), QA383(2), QF431(4), QI345(4), QO423(2), QO521(6)020
    F 328(4), QI245(2), QA481(2), QA483(2), QG464(4), QF531(4), QO424(2)020
    QA583(2), QA584(6), QG650(8), EQ481(4), QO551(4)024
    EM312(4), EQ582(4), TA918(4), QO620(8)424
    QF530(4), QF952(8), QI545(2), QF835(4)018
    CE738(4), QA815(4), QF661(4), QI543(8)424
    10ºQF053(4), QG080(8)416
    Total12200

    Tabela 6: Conjunto de disciplinas eletivas do Bacharelado em Química Tecnológica Noturno

    CréditosDisciplinas Eletivas Específicas
    8QA85-, QA91-, QA92-, QF85-, QF93-, QF94-, QG96-, QG97-, QI85-, QI94-, QI95-, QO92-, QO93-

    , QO85-

    4Qualquer disciplina de Graduação oferecida pela UNICAMP

A Licenciatura em Química

  • O curso de Licenciatura em Química tem a missão de formar profissionais reflexivos aptos a atuar como educadores químicos, de maneira responsável, com participação ativa no desenvolvimento de processos pedagógicos, principalmente relacionados com o conhecimento químico.

    Os Licenciados em Química devem adquirir formação para atuar como professores a partir de conhecimentos que integram o conjunto dos campos de saberes envolvidos na educação química. Isto também significa que o licenciado deve adquirir habilidades instrumentais que o capacitem para a preparação e desenvolvimento de recursos didáticos e instrucionais relativos à sua prática e ser preparado para atuar como pesquisador no Ensino de Química.

    Para a formação do professor é imprescindível que a instituição ofereça oportunidades de vivenciar situações práticas de ensino-aprendizagem nos seus diferentes níveis. Também é fundamental promover a interação do estudante em processos de planejamento e acompanhamento da estratégia de ensino a ser aplicada no nível médio.

    A forte interação com o público, concretizada no ambiente escolar, reforça a necessidade de boa formação humanística para estes profissionais. Assim, o curso deve oferecer condições de estímulo ao desenvolvimento de habilidades de interação pessoal e com o conhecimento químico, como ferramenta de seu trabalho.

    Pretendemos que a formação do licenciado tenha uma estrutura específica, que garanta o caráter distinto da licenciatura devido à particularidade profissional que o professor deve apresentar, mesmo envolvendo algumas atividades acadêmicas em conjunto com estudantes dos cursos de bacharelado em Química em disciplinas de formação básica como algumas disciplinas de Química, Física e Matemática. Oferecemos ao licenciado uma sólida formação do conteúdo de Química para viabilizar os necessários processos de transposição didática que resultarão nos instrumentos de sua prática de trabalho nas atividades escolares.

    Apresentamos uma visão geral e abrangente da Química para que o licenciado vivencie os diferentes níveis de complexidade e abordagem dos tópicos conceituais. Além disso, buscamos também desenvolver habilidades de levantamento de concepções prévias para que o professor possa adequar sua metodologia de trabalho ao perfil de seus estudantes.

    Ressaltamos ainda nossa preocupação com a inserção profissional em um contexto de mudanças socioeconômicas que valorizam a preservação do meio ambiente. Assim, a formação do professor de Química deve contemplar educação ambiental, conscientização ecológica e valores éticos que permeiam a ação do químico na sociedade atual.

  • O licenciado em Química deve manifestar o seguinte conjunto de habilidades:

    Com relação à sua formação pessoal
    • Assumir o processo ensino/aprendizagem em constante evolução.
    • Saber refletir sobre o comportamento profissional que a sociedade espera do educador, estando sempre atualizado com os novos conhecimentos científicos e educacionais que sejam desenvolvidos e divulgados.
    • Desenvolver a capacidade de trabalhar em equipe, utilizando este trabalho como uma das etapas que compõem o processo de aprendizado em Química.
    • Investir no aprimoramento contínuo de sua formação, buscando o auto aperfeiçoamento e o desenvolvimento dos sensos de investigação e de criatividade direcionados para a educação química.
    • Associar a educação química a todas as formas de desenvolvimento humano, buscando a interdisciplinaridade do conhecimento, além de atualidade e qualidade dos processos educativos.
    • Adaptar-se ao meio no qual está inserido, com habilidades para desenvolver e aplicar práticas educativas e material didático e instrucional, com os recursos disponíveis para atendimento das demandas sociais.

    COM RELAÇÃO À COMPREENSÃO DA CIÊNCIA QUÍMICA:
    • Compreender os conceitos, leis e princípios da Química, incluindo Química Quântica;
    • Acompanhar e compreender os avanços científico-tecnológicos;
    • Reconhecer a Química como uma construção humana, compreendendo os aspectos históricos de sua produção e suas relações com os contextos cultural, socioeconômico e político.

    COM RELAÇÃO À COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO E À BUSCA DE INFORMAÇÃO
    • Domínio da língua portuguesa para produção, análise e utilização de diferentes gêneros de textos em relatórios, resenhas, livros, material didático, divulgação científica e apresentação oral.
    • Capacidade de compreender, interpretar e redigir textos didáticos, científicos e de divulgação.
    • Capacidade de interpretar e utilizar as diferentes formas de representação (tabelas, gráficos, símbolos, expressões).
    • Capacidade de comunicar corretamente projetos e resultados de pesquisa na linguagem científica, oral e escrita.
    • Capacidade de comunicação oral e escrita para a interação com seus pares no contexto social e profissional.
    • Noções da linguagem brasileira de sinais (LIBRAS) e de tecnologias assistivas para interação com estudantes com necessidades especiais em ações integradas e educativas.

    COM RELAÇÃO AO TRABALHO EM ENSINO DE QUÍMICA
    • Ser receptivo à incorporação de novas abordagens e propostas metodológicas de ensino de química no seu projeto de ensino/aprendizagem.
    • Estar atualizado em relação aos novos projetos e propostas de ensino de química que são desenvolvidos e têm seus resultados publicados.
    • Saber utilizar recursos de laboratório e de mídias digitais como material didático.
    • Fazer a auto avaliação do seu desempenho em sala de aula, identificando eventuais problemas no processo de ensino/aprendizagem, na busca do aprimoramento de sua prática docente.
    • Enfatizar as aplicações da Química de forma contextualizada.
    • Conhecer regras básicas de segurança em laboratório e de descarte de resíduos.

    COM RELAÇÃO À PROFISSÃO
    • Inserir-se no contexto social, disseminando e utilizando o conhecimento importante para a sociedade.
    • Encarar o desafio de buscar constantemente novas estratégias educacionais a fim de oferecer subsídios de trabalho para atuar de forma proativa diante de dificuldades do ensino em escolas públicas.
    • Saber avaliar criticamente as condições de ensino nas escolas de diferentes regiões a fim de atuar de maneira integrada e colaborativa.
    • Assumir o compromisso de preparar os estudantes para o exercício da cidadania.
    • Organizar, escrever e analisar criticamente material instrucional de química adequado para o ensino em diferentes níveis de escolarização.
    • Ter consciência da importância social do educador como peça chave no desenvolvimento social da coletividade e na preservação do meio ambiente.
    • Atuar dentro dos limites éticos compatíveis com sua área de atuação.

  • Este projeto pedagógico contempla os princípios da Resolução CNE/CP 2/2015, do Conselho Nacional de Educação e da Deliberação CEE 154/2017, do Conselho Estadual de Educação de São Paulo.

    Estão inseridas atividades que os licenciandos desenvolvem conjuntamente com os bacharelandos, em uma perspectiva independente, que rompe qualquer conotação imprópria de mera modalidade ou apêndice de outros cursos. Isto de consolida, dentre outros pontos, no oferecimento de disciplinas específicas para a Licenciatura e uma sequência curricular que prioriza a conclusão da Licenciatura não como habilitação, mas como curso com identidade própria e definida, com projeto pedagógico específico, embora sem entrada exclusiva no vestibular, o que defendemos como estratégia para buscar o aumento no número de interessados.

    Estão considerados os seguintes princípios norteadores:
    1. A multiplicidade de dimensões da formação humana dos futuros professores.
    2. A existência de um campo epistemológico próprio da educação que envolve o conhecimento pedagógico, os diferentes espaços educativos, em especial a escola, como objeto privilegiado de investigação.
    3. A construção de cursos de formação de professores superando a concepção meramente instrumental, que exige o rompimento com a ideia da licenciatura como apêndice de bacharelados.

    Os percursos de organização do curso consideram as orientações oficiais de documentos da legislação vigente, sendo que as atividades acadêmicas formativas do professor de química no curso de Licenciatura em Química do IQ estão distribuídas na estrutura curricular apresentada na Tabela 7, com a sugestão para integralização em 8 semestres.

    A Licenciatura em Química do IQ tem uma organização curricular com 224 créditos (3360 h) distribuídos em 6 grandes eixos de acordo com a Deliberação CEE 154/2017, a saber: 1: Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs), Revisão de conteúdos curriculares e Língua Portuguesa; 2: Conhecimentos didáticos pedagógicos, fundamentos da educação, metodologias ou práticas de ensino; 3:Conhecimentos específicos da licenciatura ou área correspondente; 4: Práticas como componentes curriculares; 5: Estágio e 6: Atividades teórico práticas de aprofundamento. A Tabela 8 ilustra a distribuição da carga horária das disciplinas nesses grandes eixos.

    É importante destacar que algumas disciplinas foram consideradas para integrar mais de um eixo de forma que sua carga horária total é distribuída entre os diferentes eixos, sem haver sobreposição. Estruturas, conteúdos e formas de oferecimento das disciplinas foram aspectos considerados para orientar essa integração plural. A carga horária exigida pela Del CEE154/2017 em cada grande eixo está contemplada nessa estrutura curricular que também atende à Resolução CNE/CP 2/2015.

    Alguns detalhes da estrutura curricular merecem ser destacados. Grandes esforços estão mobilizados para atender às novas demandas legais o que se reflete na criação de três novas disciplinas do IQ exclusivas para a licenciatura, a saber: QG331 Estudos de Problemas de Ensino de Química, QG551 Didática e Metodologia do Ensino de Química e QG771 Tecnologias de Informação e Comunicação Aplicadas ao Ensino de Química. Considerando a necessidade de revisão de conteúdos curriculares, a estrutura prevê que isso ocorra em diversas disciplinas, integrando 140 horas de atividades de QA282, QG108, QG109, QG362, QG464, QG565, QF431, QI246, QO321, QO521 e QO551, que integram o eixo 1 da Del CEE 154/2017. As disciplinas QG109 e QA282 envolvem a elaboração de relatórios dos experimentos que são realizados, oportunizando a revisão de Língua Portuguesa, já que há o processo de orientação para a redação e a correção comentada. Na disciplina QG760 também há forte ênfase na linguagem como ferramenta de ensino, trabalho e aprendizagem. Neste eixo, também são abordadas tecnologias de informação e comunicação, inserida em QG771, completando o atendimento à Del CEE 154/2017.

    Além disso, uma extensa colaboração da Faculdade de Educação da UNICAMP foi integrada nessa estrutura curricular para qualificar a Licenciatura em Química a partir da colaboração dos docentes de destacada e reconhecida experiência em temáticas essenciais para formação dos novos professores. Inseridos em um cenário diversificado e competitivo, a carga horária total do curso foi cuidadosamente avaliada para garantir condições de formação com a excelência típica dos cursos da UNICAMP sem atingir um valor muito elevado que desencorajaria a opção dos estudantes pela licenciatura, o que não se pode arriscar que aconteça de forma alguma. Nesta direção, alguns conteúdos de Química, Matemática e Física da matriz curricular anterior foram suprimidos sem qualquer ônus à formação qualificada do futuro professor de química, ao contrário, vislumbramos que a estrutura curricular resultante tem grandes atrativos que poderão estimular o aumento do número de interessados em cursar a licenciatura.

    O conteúdo relacionado com conhecimentos didáticos pedagógicos, fundamentos da educação, metodologias ou práticas de ensino, referente ao eixo 2 da Del CEE 154/2017, é abordado em disciplinas do IQ, sendo algumas já existentes (QF535 e QG565), outra criada especificamente para atender essa necessidade (QG551), reservando-se quatro créditos em disciplinas de tópicos especiais a serem oferecidos sob demanda para atender especificidades e conferir maior dinamismo à estrutura que fica flexível para se atualizar constantemente (QG98x). Outras disciplinas são de reponsabilidade da Faculdade de Educação, sendo que algumas já integravam a estrutura anterior (EL212, EL485, EL511, EL683, EL213, esta última com foco na formação do professor para atuar na educação inclusiva) e outras foram incorporadas para harmonicamente qualificar a nova estrutura curricular, como EL111 (que também se adequa à necessidade de promover o desenvolvimento da comunicação e expressão enquanto habilidades indispensáveis para a atuação dos professores de Química), além de EL109, EP152 e EP372.

    Conhecimentos específicos de Química para a formação de professores são abordados nas disciplinas do eixo 3 da Del CEE 154/2017 e atendem as orientações oficiais.

    Atividades relacionadas com práticas como componentes curriculares, do eixo 4 da Del CEE 154/2017 estão distribuídas em diversas disciplinas oferecidas pelo IQ, incluindo conteúdo químico para articular especificidades do conhecimento químico com conhecimentos pedagógicos. Isso é previsto para ser desenvolvido a partir das disciplinas QG760, QL701, parte de QG771, QG331 e estágios (uma vez que há aulas presenciais com o docente responsável pela disciplina e todos os licenciandos estagiários matriculados), além de aspectos mais pontuais em QG109, QG464 e QG565, principalmente envolvendo o uso de experimentos ou demonstrações para ilustrar os conceitos fundamentais de química, facilitando a compreensão dos alunos.

    A integração dos licenciandos às escolas em sua profissionalização ocorre a partir do estágio obrigatório que se concretiza em quatro disciplinas que contemplam o eixo 5 da Del CEE 154/2017, sendo duas oferecidas pela faculdade de Educação (EL774 e EL874) com caráter abrangente, de tomada da escola com lócus de trabalho, e em duas outras disciplinas de responsabilidade de IQ (QG680 e QG880) com grande destaque para as ações formativas para aulas de química. Essas duas últimas disciplinas são organizadas de forma diferenciada com pequena carga horária fora da escola para articulação de práticas como componentes curriculares.

    Finalmente, o eixo 6 da Del CEE 154/2017 envolve quatro disciplinas que articulam atividades teórico práticas de aprofundamento, sendo elas EP094, EP879, QA815 e EL109, que também se integram com o eixo 2. Em EL109, estrategicamente inserida no último semestre do curso, aprofunda-se a perspectiva da pesquisa no ensino de ciências, desejável para a formação do professor proativo e pode despertar o interesse pela pós- graduação, como potencial candidato ao programa de pós-graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PECIM) da UNICAMP. Cabe apontar que as necessidades formativas para o futuro professor atuar numa perspectiva de educação inclusiva também são tratadas em QG331, QG771, QG760 e QL701.

    É importante destacar outros aspectos meritórios dessa estrutura curricular em vários pontos. Em diversas disciplinas estão presentes atividades planejadas para desenvolver e estimular o domínio da língua portuguesa para produção, análise e comunicação oral. Em disciplinas experimentais, como F129, F329, QG109, QA282, QG464 e QF632 há forte ênfase na análise crítica de textos científicos e dados experimentais, e o desenvolvimento da redação técnica para produção de relatórios científicos; em QG565, além desses aspectos, há ênfase na elaboração (planejamento, execução e aplicação) de experimentos didáticos e apresentação oral. Em QG760 e QL701, todos esses aspectos são integrados, inserindo-se também a introdução de discussão e aplicação de tecnologias educacionais para o desenvolvimento de projetos; a produção de textos e organização de apresentações orais constituem as práticas rotineiras do desenvolvimento das atividades das aulas, com foco na introdução e na exploração de estratégias de comunicação e expressão inclusive em mídias digitais. A estratégia de desenvolvimento de projetos em várias disciplinas favorece diversificar os processos educativos com práticas que buscam a estimular a autonomia como característica positiva de atuação profissional. Isso também é praticado nas disciplinas de estágio.

    A Tabela 9 traz a distribuição da carga didática das disciplinas que constituem a matriz curricular da Licenciatura em Química do IQ em aulas teóricas, aulas de laboratório, aulas práticas e atividades orientadas, que correspondem aos vetores T, L, P e O de organização acadêmica das disciplinas de graduação, respectivamente.

    Consta no artigo 287 do Regimento Geral de Graduação da UNICAMP a definição das atividades correspondentes aos vetores T, L, P e O:

    Atividade Teórica (código T) – é o campo que expressa as horas de atividades semanais presenciais definidas pela relação, em tempo integral, entre professores e estudantes, com exposição e discussão de conteúdos organizados sistematicamente;

    Atividade de Laboratório (código L) – é o campo que expressa as horas de atividades semanais que envolvem efetivamente estudantes e professores, em tempo integral, no desenvolvimento prático dos conteúdos, dentro de um ambiente projetado e adequado para esse fim, onde se incluem os laboratórios científicos, experimentais, corporais, computacionais, palco, campo experimental e outras atividades definidas a critério da CCG;
    Atividade Prática (código P) – é o campo que expressa as horas de atividades semanais que envolvem efetivamente estudantes e professores, em tempo integral, no desenvolvimento prático dos conteúdos. São consideradas atividades práticas as atividades de campo relativas à coleta e à observação; atividades de campo junto à comunidade; desenvolvimento de projetos; atividades práticas em métodos e técnicas de pesquisa e produção para as Ciências Humanas e Artes; atividades assistenciais relativas ao internato, às disciplinas clínicas e às disciplinas práticas supervisionadas que ocorrem nos cursos da área de saúde, como em outros, visitas técnicas e outras atividades definidas a critério da CCG;

    Atividade Orientada (código O) – é o campo que expressa as horas de atividades semanais em que os estudantes desenvolvem com autonomia seus estudos, sem a presença do docente. Estas atividades seguem orientação e/ou supervisão de docente(s), e estão incluídas: atividades artísticas, atividades em bibliotecas, estágio supervisionado, estudo dirigido, iniciação científica, oficinas, projetos em empresa júnior, realização de monografia, trabalhos de finais de curso e trabalhos práticos, além de outras atividades definidas a critério da CCG.

  • Os currículos dos cursos oferecidos pelo IQ vêm sofrendo ao longo do tempo, alterações visando adequá-los as demandas da sociedade, aos avanços científicos e tecnológicos, e à legislação vigente.

    A presente versão reflete o trabalho realizado pelo Núcleo Docente Estruturante do IQ, no período de 2014-2017 e da Coordenação de Graduação em 2018. Foram esforços para adequar a estrutura curricular dos cursos do IQ, buscando estratégias para manter o interesse do estudante em todo seu percurso acadêmico e estimular o desenvolvimento de habilidades específicas, a partir da criação de condições para que haja participação ativa dos estudantes na construção de sua formação, conferindo, desta maneira, perfil profissional diferenciado. Para a Licenciatura, as modificações de 2018 também visaram atender à Deliberação 154/2017 do Conselho Estadual de Educação.

    Além de implementar ações visando minimizar o impacto decorrente da transição do ensino médio para a vida universitária, neste projeto procuramos concentrar a abordagem dos conhecimentos específicos fundamentais no início do curso, reservando o último ano para as atividades que diferenciem o perfil profissional dos bacharéis, de acordo com a vocação individual de cada estudante. Isso é contemplado em disciplinas eletivas de oferecimento regular, nos projetos de pesquisa em Química e no estágio supervisionado além dos Tópicos Especiais nas quatro grandes áreas (Orgânica, Inorgânica, Analítica e Físico-Química), selecionados a cada semestre, considerando-se as demandas tanto dos docentes quanto dos discentes. A Licenciatura em Química consolida-se como um curso com identidade própria, que inclui atividades desenvolvidas conjuntamente com os bacharelados, mas se organiza em uma estrutura curricular própria, com um grande número de disciplinas específicas e uma sequência curricular que prioriza a conclusão da Licenciatura não apenas como uma mera habilitação, já que tem sua proposta pedagógica específica.

    O IQ também oferece aos seus estudantes as disciplinas de Tópicos Especiais, para abordar temáticas atuais, de acordo com o destaque social, científico e tecnológico. Estes tópicos são selecionados semestralmente, considerando-se as manifestações de docentes e discentes. O conjunto de Tópicos Especiais é integrado por 114 disciplinas, incluindo Tópicos Especiais em Ensino de Química, neste caso específico, buscando garantir um espaço para integrar especificidades do Ensino de Química e as tendências de pesquisas, com a discussão de temáticas relevantes e inovadoras, inclusive com a participação de pesquisadores externos à UNICAMP. Essas disciplinas também servem para o aproveitamento de créditos obtidos em atividades de monitoria, em intercâmbios estudantis e em disciplinas cursadas fora da UNICAMP, como, por exemplo, as oferecidas pelo G6 – Grupo de Trabalho “Químicas Integradas”, constituído pelas universidades públicas paulistas que oferecem cursos de Química.

    Embora não se trate especificamente de ação curricular, os licenciandos do IQ podem ser inseridos em atividades especialmente planejadas para serem realizadas nas escolas públicas, mediante a coordenação de um docente do IQ e supervisão de um professor da escola pública. Isso vem sendo realizado com apoio de bolsas de iniciação à docência. Desde 2010, no IQ vem sendo desenvolvido o subprojeto “Licenciatura em Química” no projeto institucional da UNICAMP no Programa Institucional de Bolsas de Incentivo à Docência – PIBID, da CAPES. As atividades executadas permitem a aproximação planejada e produtiva do licenciando com a escola pública a partir de ações diferenciadas, como a produção de material instrucional e a realização/participação de/em eventos para/com professores de Química em exercício.

    Adicionalmente, para garantir um contato com a realidade da indústria química, o IQ procura obter subsídios junto aos profissionais desse setor, convidando-os para apresentar seminários em disciplinas específicas, com destaque para destacam os processos, problemas e estratégias dessas indústrias. Ainda, em uma disciplina relacionada com o mercado de trabalho, buscamos informar melhor o aluno do curso diurno sobre as diversas perspectivas de inserção profissional das diferentes habilitações oferecidas.

  • Todos os estudantes do IQ são encorajados a participar de intercâmbios em universidades do exterior, para atividades de ensino e pesquisa. Para atividades de graduação o IQ participa de programas como Mobilidade Santander Universidades; AUGM (estudantes passam um semestre em universidades do Grupo de Montevidéu, com reciprocidade para o IQ receber estudantes estrangeiros); além de outras universidades europeias, principalmente na Alemanha, Áustria, Dinamarca e França, com as quais a UNICAMP mantém parceria acadêmica.

    Estão em tramitação acordos para estabelecimento de convênio de cooperação, inclusive para mobilidade estudantil ao nível de graduação com Universidad de Zaragoza (Espanha) e com Universidad Nacional Autónoma de México (México), além do Programa de Cooperación e Integración Universitaria de América Latina y el Caribe” – PCIU.

    Periodicamente, workshops são organizados com os estudantes que participaram de intercâmbios no exterior, para que possam compartilhar suas experiências, contribuir para a expansão dos programas e motivar a participação de outros estudantes.

    Atentos aos editais para intercâmbio específico de estudantes da Licenciatura, como o Programa Licenciaturas Internacionais, da CAPES, há esforços para manter o estímulo à participação de licenciandos do IQ que atendam às prerrogativas de perfil para candidatura. Essa é mais uma forma de fomentar a inclusão dos futuros professores de química em programas de intercâmbio internacional.

    É importante destacar também esforços institucionais para parcerias acadêmicas internacionais específicas inclusive para coordenadores de graduação, a cargo da Diretoria Executiva de Relações Internacionais (DERI – UNICAMP).

    Finalmente, apontamos que os cursos de Bacharelado e Bacharelado em Química Tecnológica mantêm convênio de duplo-diploma com as escolas do grupo PARISTECH e obteve a acreditação da Royal Society of Chemistry (UK) em 2014.

  • Exercício Profissional

    A Lei Federal No. na 002800, de 18/06/1956, regulamenta o exercício da profissão. O Decreto Federal na 085877, de 07/04/1981, regulamenta a mencionada lei.

    CURSO 05 – QUÍMICA

    Integralização

    Para se graduar neste curso, o aluno deverá perfazer carga horária e total de créditos de acordo com sua opção dentre as habilitações/habilitações oferecidas:

    Bacharelado em Química: 197 créditos, equivalentes a 2955 horas-aula de atividades supervisionadas. O curso poderá ser integralizado em 08 semestres, conforme sugestão da unidade para o cumprimento do currículo pleno, sendo 12 semestres o prazo máximo de integralização.

    Bacharelado em Química Tecnológica: 201 créditos, equivalentes a 3015 horas-aula de atividades supervisionadas. O curso poderá ser integralizado em 08 semestres, conforme sugestão da unidade para o cumprimento do currículo pleno, sendo 12 semestres o prazo máximo de integralização.

    Licenciatura em Química: 224 créditos, equivalentes a 3360horas-aula de atividades supervisionadas. O curso poderá ser integralizado em 08 semestres, conforme sugestão da unidade para o cumprimento do currículo pleno, sendo 12 semestres o prazo máximo de integralização.

    CURSO 50 – QUÍMICA TECNOLÓGICA (Noturno)

    Integralização

    Para se graduar neste curso, o aluno deverá obter o total de 200 créditos, correspondentes a 3000 horas-aula de atividades supervisionadas. O curso poderá ser integralizado em 10 semestres, conforme sugestão da unidade para o cumprimento do currículo pleno, sendo 15 semestres o prazo máximo de integralização.

    Reconhecimento

    Bacharelado em Química: Decreto Federal n° 70732 de 19/06/1972 e renovado pela Portaria CEE/GP n° 38 de 17/02/2016

    Bacharelado em Química Tecnológica: Decreto Federal n° 70732 de 19/06/1972 e renovado pela Portaria CEE/GP n° 38 de 17/02/2016

    Licenciatura em Química: Decreto Federal n° 76941 de 30/12/1975 e renovado pela Portaria CEE/GP nº 156 de 02/05/2018.

  • Para o curso 05, em período integral e regime de matrícula semestral, são 70 vagas com entrada anual, via vestibular, e mais 4 vagas para egressos do PROFIS.

    A Licenciatura em Química está caracterizada como um curso de com identidade própria, mas não se prevê ingresso específico no vestibular. Todos os ingressantes no curso de Química integral do IQ (curso 05) são automaticamente matriculados na habilitação AD (Bacharelado em Química Tecnológica) e TODOS podem alterar essa opção a partir do segundo semestre letivo. São 70 vagas com entrada anual, via vestibular, e mais quatro vagas para egressos do PROFIS. Sendo assim, o estudante pode optar por cursar a Licenciatura em Química ao final do primeiro semestre, único comum aos três cursos oferecidos pelo Instituto de Química no período integral. A especificidade das disciplinas e a sequência proposta praticamente impedem que a Licenciatura seja cursada como apêndice do bacharelado, sendo mais uma estratégia que contribui para o estabelecimento de sua identidade. Nesta concepção não se limita o número de vagas para a Licenciatura. Vale ainda destacar que todo estudante egresso dos cursos do IQ (integral e noturno) pode reingressar para cursar a Licenciatura em Química, mediante aprovação da Coordenação de Graduação do IQ, o que também expande consideravelmente a possibilidade de acesso ao curso de licenciatura.

    Vale destacar que todo estudante egresso dos cursos do IQ (05 e 50) pode reingressar para cursar outra habilitação ou o curso (noturno) de Licenciatura Integrada Química Física, mediante aprovação das demais Coordenações de Graduação das unidades envolvidas no curso.

    Para o curso 50, em período noturno e também com regime de matrícula semestral, são 40 vagas com entrada anual, via vestibular, e mais 3 vagas para egressos do PROFIS.

  • Semestralmente, realiza-se oficialmente no âmbito da universidade uma reunião para Avaliação e Discussão de cursos. Este processo é realizado durante o período letivo, com dispensa de aulas e ampla divulgação para maximizar o número de participantes, já que é um processo voluntário, coordenado pela Comissão de Graduação e com apoio do órgão de representação estudantil do IQ, o Centro Acadêmico da Química – CAEQ. Estas avaliações vêm integrando os estudantes e a coordenação em importantes discussões, com a participação dos docentes do IQ, sobre questões como reestruturação curricular, novas demandas do mercado de trabalho e outras temáticas de relevância acadêmica e social.

  • Os Estágios Acadêmicos para estudantes dos Cursos de Graduação da UNICAMP estão sujeitos à regulamentação descrita na Resolução GR n° 38/2008, de 24/11/2008, que dispõe sobre as regras para a realização de estágios acadêmicos pelos estudantes de Graduação. A autorização e o acompanhamento contratual dos estágios são de responsabilidade do Coordenador Associado de Graduação do IQ e tem apoio do Serviço de Apoio ao Estudante SAE-UNICAMP, que administra todos os contratos e convênios. Todos os estágios são oficializados mediante a assinatura de contrato entre o estudante, a contratante e a UNICAMP, sendo que para os estágios não obrigatórios a contratação deve ser precedida pela celebração de convênio com a empresa interessada (indústria ou escola, dependendo do ramo de atuação), em respeito ao Artigo 8º da Lei nº. 11.788, de 25 de setembro de 2008, que dispõe sobre os estágios de estudantes de instituições de educação superior, da educação profissional e do ensino médio, inclusive nas modalidades de educação de jovens e adultos e de educação especial.

    Art. 8º É facultado às instituições de ensino celebrar com entes públicos e privados convênio de concessão de estágio, nos quais se explicitem o processo educativo compreendido nas atividades programadas para seus educandos e as condições de que tratam os arts. 6o a 14 desta Lei.

    Neste contexto, já existe um conjunto de 23 instituições de ensino de Campinas e cidades da redondeza, conveniadas com o SAE-UNICAMP, de acordo com informações recebidas do Setor de Estágios e Empregos do SAE.

    Os estágios que integram este projeto são concebidos de acordo com a definição do parágrafo primeiro do Artigo 1º da Lei 11.788/2008:

    Estágio é ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo de educandos que estejam frequentando o ensino regular, em instituições de educação superior, de educação profissional, de ensino médio, da educação especial e dos anos finais do ensino fundamental, na modalidade profissional da educação de jovens e adultos.

    Para o Bacharelado em Química Tecnológica (cursos Diurno e Noturno), o Estágio é obrigatório (mínimo de 120h, associado à disciplina QG080) e deve ser efetuado após integralização de 75 % dos créditos.

    A validade do estágio está associada à empresa (pública ou privada) onde ele será realizado, tendo como base as atribuições das atividades que serão desenvolvidas pelo aluno. Assim, o tipo de estágio desejado é aquele que proporcione ao aluno consolidar perfil profissional adequado, conforme estabelecido no Artigo 6º da resolução normativa nº 36 – de 25/04/74 do CRQIV, ou seja, que contemple as atividades constantes dos números 1 a 13 do artigo 1º da mesma Resolução, excetuando-se a atribuição de número 4 (ver página 3).
    Os estudantes da habilitação Bacharelado realizam, nos dois últimos semestres do curso, as disciplinas de Projetos de Pesquisa em Química (QG770 e QG870, total de 300 horas), na qual têm contato direto com a pesquisa científica. Os créditos da disciplina QG770 visam definir o tema de pesquisa e planejar os experimentos a serem realizados, enquanto a disciplina subsequente (QG870) está reservada para a execução, análise de resultados e elaboração de monografia sobre o trabalho realizado.
    O curso de Licenciatura em Química tem integrado o Estágio Supervisionado como atividade curricular de destaque e com proposta abrangente. Este estágio deve ser cumprido a partir da metade do curso em um conjunto de quatro disciplinas (EL774, EL874, QG680 e QG880), com duração de um semestre letivo cada uma, totalizando 450 horas. A proposta de estágio a ser desenvolvido pelo estudante deve ser uma atividade didática contínua, que deve contemplar os diferentes espaços com suas respectivas peculiaridades do campo de estágio, incluindo salas de aula, laboratórios de ensino e espaços de educação não formal, como museus e centros de ciências, bem como atividades envolvidas na organização e/ou participação em programas de divulgação científica como: Química em Ação, SIMPEQ e SIMPEQuinho (integrados no projeto institucional do Programa Novos Talentos da CAPES, desde 2011) Show da Química, Feira de Ciências, UNICAMP de Portas Abertas (UPA), etc, mediante a supervisão do profissional que coordene e atue nesses campos.
    Além dos estágios obrigatórios previstos para cada habilitação, todos os estudantes são encorajados a realizar estágios opcionais, de acordo com as normas definidas pela Coordenadoria de Graduação do IQ, que são avaliadas periodicamente para constante atualização. Para estágios não obrigatórios que os estudantes buscam durante sua formação, já consta no banco de dados do SAE-UNICAMP um conjunto extenso de empresas conveniadas, além de 26 instituições de ensino.
    Como opção de integrar os estudantes em atividades profissionais também se inclui o estímulo à participação em programas de iniciação à docência (PIBID-CAPES) e iniciação científica (PIBIC- CNPq e FAPESP).

    Aprovado pela congregação do Instituto de Química em 28/08/2018.

    Nas próximas tabelas, as seguintes legendas devem ser consideradas:
    HS: horas-aula semanais
    SL:horas-aula semanais em sala de aula
    C:créditos da disciplina, relativos a um período letivo de 15 semanas

    Curso 05: Química Núcleo comum

    CódigoNome da disciplinaHSSLC
    F 128Física Geral I444
    F 129Física Experimental I222
    F 328Física Geral III444
    MA111Cálculo I666
    MA141Geometria Analítica e Vetores444
    MA211Cálculo II666
    QA282Química Clássica888
    QA815Química do Meio Ambiente444
    QF431Físico-Química I444
    QF531Físico-Química II444
    QF632Físico-Química Experimental I868
    QG005Química e Mercado de Trabalho111
    QG108Química Geral Teórica444
    QG109Química Geral Experimental444
    QG362Química com Segurança222
    QG464Laboratório Integrado444
    QO321Química Orgânica I444
    QO521Química Orgânica II666
    QO551Bioquímica I444

     

    AA – Bacharelado em Química

    Além do núcleo comum, o estudante deverá cumprir:

     

    CódigoNome da disciplinaHSSLC
    MA311Cálculo III666
    QA381Espectroanalítica222
    QA383Eletroanalítica222
    QA481Métodos de Separação222
    QA483Estatística Aplicada à Química Analítica222
    QA583Preparo de Amostras222
    QA584Laboratório de Química Analítica Instrumental666
    QF536Química Quântica444
    QF661Química Aplicada444
    QG564Química Orgânica e Inorgânica Experimental868
    QG664Espectroscopia Molecular444
    QG770Projetos de Pesquisa em Química I444
    QG870Projetos de Pesquisa em Química II161616
    QI145Interações Químicas424
    QI245Química de Sólidos222
    QI345Química de Coordenação424
    QI542Química Inorgânica Experimental II868
    QI545Química de Organometálicos222
    QO423Fundamentos de Espectrometria de Massas222
     

    QO424

    Fundamentos     de                           Espectroscopia      de                           Ressonância

    Magnética Nuclear

     

    2

     

    2

     

    2

    QO622Química Orgânica Experimental II868
    QO653Bioquímica II444

    Também devem ser cumpridos 16 créditos de disciplinas eletivas, sendo 8 créditos em qualquer disciplina da UNICAMP e 8 créditos dentre o conjunto de disciplinas do quadro abaixo:

    CódigoNome da disciplinaHSSLC
    QA910Tópicos Especiais em Química Analítica I222
    QA911Tópicos Especiais em Química Analítica II222
    QA912Tópicos Especiais em Química Analítica III222
    QA913Tópicos Especiais em Química Analítica IV222
    QA914Tópicos Especiais em Química Analítica V222
    QA915Tópicos Especiais em Química Analítica VI222
    QA916Tópicos Especiais em Química Analítica VII222
    QA917Tópicos Especiais em Química Analítica VIII222
    QA918Tópicos Especiais em Química Analítica IX222
    QA919Tópicos Especiais em Química Analítica X222
    QF930Tópicos Especiais em Físico-Química I222
    QF931Tópicos Especiais em Físico-Química II222

     

    QF932Tópicos Especiais em Físico-Química III222
    QF933Tópicos Especiais em Físico-Química IV222
    QF934Tópicos Especiais em Físico-Química V222
    QF935Tópicos Especiais em Físico-Química VI222
    QF936Tópicos Especiais em Físico-Química VII222
    QF937Tópicos Especiais em Físico-Química VIII222
    QF938Tópicos Especiais em Físico-Química IX222
    QF939Tópicos Especiais em Físico-Química X222
    QG960Tópicos Especiais em Química Geral I222
    QG961Tópicos Especiais em Química Geral II222
    QG962Tópicos Especiais em Química Geral III222
    QG963Tópicos Especiais em Química Geral IV222
    QG964Tópicos Especiais em Química Geral V222
    QG965Tópicos Especiais em Química Geral VI222
    QG966Tópicos Especiais em Química Geral VII222
    QG967Tópicos Especiais em Química Geral VIII222
    QG968Tópicos Especiais em Química Geral IX222
    QG969Tópicos Especiais em Química Geral X222
    QI940Tópicos Especiais em Química Inorgânica I222
    QI941Tópicos Especiais em Química Inorgânica II222
    QI942Tópicos Especiais em Química Inorgânica III222
    QI943Tópicos Especiais em Química Inorgânica IV222
    QI944Tópicos Especiais em Química Inorgânica V222
    QI945Tópicos Especiais em Química Inorgânica VI222
    QI946Tópicos Especiais em Química Inorgânica VII222
    QI947Tópicos Especiais em Química Inorgânica VIII222
    QI948Tópicos Especiais em Química Inorgânica IX222
    QI949Tópicos Especiais em Química Inorgânica X222
    QO920Tópicos Especiais em Química Orgânica I222
    QO921Tópicos Especiais em Química Orgânica II222
    QO922Tópicos Especiais em Química Orgânica III222
    QO923Tópicos Especiais em Química Orgânica IV222
    QO924Tópicos Especiais em Química Orgânica V222
    QO925Tópicos Especiais em Química Orgânica VI222
    QO926Tópicos Especiais em Química Orgânica VII222
    QO927Tópicos Especiais em Química Orgânica VIII222
    QO928Tópicos Especiais em Química Orgânica IX222
    QO929Tópicos Especiais em Química Orgânica X222
    QA851Validação de Métodos Analíticos222
    QA852Aplicações Analíticas da Espectroscopia Vibracional
    QA853Especiação Química222
    QA854Quimiometria222
    QO851Aplicação de tecnologias em química orgânica sintética222
    QO852Introdução à catálise assimétrica222
    QO853Introdução à química supramolecular e catálise

    supramolecular

     

    2

     

    2

     

    2

    QO854Nanomateriais para liberação controlada de fármacos222
    QO855Química de produtos naturais222
    QO856Introdução à Química dos compostos heterocíclicos222
    QI851Química Bioinorgânica222
    QI852Química dos Elementos222

     

    QI853Introdução à Cristalografia222
    QI854Magnetoquímica: Fundamentos e Aplicações em Materiais

    Moleculares

     

    2

     

    2

     

    2

    QI855Fundamentos e Aplicações de Materiais Luminescentes222
    QF851Quimiometria e o Controle Multivariado de Processos Químicos 

    2

     

    2

     

    2

    QF852Modelagem Molecular222
    QF853Reologia de Sistemas Coloidais222
    QF854Fotoeletroquímica em Materiais Semicondutores: Princípios

    e Aplicações

     

    2

     

    2

     

    2

    Sugestão do IQ, unidade responsável pelo curso, para o cumprimento do currículo pleno em 8 semestres:

    1º Semestre: MA111(06) MA141(04) QG005(01) QG108(04) QG109(04) QG362(02)
    2º Semestre: F128(04) F129(02) MA211(06) QA282(08) QI145(04) QO321(04)
    3º Semestre: MA311(06) QA381(02) QA383(02) QI345(04) QO521(06) QF431(04)
    4º Semestre: F328(04) QG464(04) QA481(02) QA483(02) QF531(04) QI245(02) QO423(02) QO424(02)
    5º Semestre: QI545(02) QA584(06) QA583(02) QG564(08) QO551(04) QF536(04)
    6º Semestre: QG664(04) QF632(08) QA815(04) QO622(08) QF661(04) 7º Semestre: QO653(04) QG770(04) QI542(08) Eletivas (08)
    8º Semestre: Eletivas(08) QG870(16)

    AB – Licenciatura em Química

    Além do núcleo comum, o estudante deverá cumprir:

    CódigoNome da disciplinaHSSLC
    EL109Introdução à Pesquisa no Ensino de Ciências646
    EL111Leitura, Produção de Textos e Docência626
    EL212Política Educacional: Organização da Educação Brasileira646
    EL213LIBRAS e Educação de Surdos444
    EL485Filosofia e História da Educação646
    EL511Psicologia e Educação646
    EL683Escola e Cultura646
    EL774Estágio Supervisionado I646
    EL874Estágio Supervisionado II848
    EP094Juventudes, Cidadania e Psicologia434
    EP152Didática – Teoria Pedagógica646
    EP372Avaliação444
    EP879Educação de Jovens e Adultos323
    GT001Ciência, Tecnologia e Sociedade323
    QF535Introdução à Química Quântica446
    QG331Estudos de Problemas de Ensino de Química222
    QG551Didática e Metodologia do Ensino de Química848
    QG565Química Orgânica e Inorgânica Experimental12812
    QG680Estágio Supervisionado I616
    QG760Projetos de Pesquisa em Química838
    QG771Tecnologias de Informação e Comunicação Aplicadas ao Ensino de Química444
    QG880Estágio Supervisionado I828
    QI246Química Inorgânica444
    QL701Projetos Integrados626

    Sugestão do IQ, unidade responsável pelo curso, para o cumprimento do currículo pleno em 8 semestres:

    1º Semestre: MA111(06) MA141(04) QG005(01) QG108(04) QG109(04) QG362(02)
    2º Semestre: QA282(8), F128(4), F129(2), MA211(6), QO321(4), EL683(6)
    3º Semestre: QF431(4), QO521(6), EL511(6), EL111(6), QG331 (2), EP152 (6)
    4º semestre: F328(4), QF531(4), QG464(4), EL212(6), EP372 (4), QI246 (4), QG98x (2))
    5º Semestre: QO551(4), EL774(8), QG565(12), QG551(8)
    6º Semestre: QF632(8), EL485(6), EL874(8), QF535(6), QG98x (2)
    7º Semestre: QG760(8), QG680 (6), EL213(4), EL109(6)
    8º Semestre: EL213QG771(4), QG880(8), QL701(6), EP094 (4) QA815(4), EP879 (2)

     

    AD – Bacharelado em Química Tecnológica

    Além do núcleo comum, o estudante deverá cumprir:

    CódigoNome da disciplinaHSSLC
    MA311Cálculo III666
    EM312Desenho Técnico444
    EQ481Introdução à Engenharia Química444
    EQ582Fenômenos de Transporte e Operações Unitárias444
    QA381Espectroanalítica222
    QA383Eletroanalítica222
    QA583Preparo de Amostras222
    QA481Métodos de Separação222
    QA483Estatística Aplicada à Química Analítica222
    QA584Laboratório de Química Analítica Instrumental666
    QF053Laboratório de Química Aplicada444
     

    QF530

    Introdução    à                     Química                     Quântica                   e                     Espectroscopia

    Molecular

     

    4

     

    4

     

    4

    QF661Química Aplicada444
    QF835Processos Industriais444
    QG080Estágio888
    QG564Química Orgânica e Inorgânica Experimental868
    QI145Interações Químicas424
    QI245Química de Sólidos222
    QI345Química de Coordenação424
    QI542Química Inorgânica Experimental II868
    QI545Química de Organometálicos222
    QO423Fundamentos de Espectrometria de Massas222
     

    QO424

    Fundamentos    de                          Espectroscopia        de                          Ressonância

    Magnética Nuclear

     

    2

     

    2

     

    2

    QO622Química Orgânica Experimental II868
    TA918Microbiologia e Fermentações444

    Também devem ser cumpridos 16 créditos de disciplinas eletivas, sendo 8 créditos em qualquer disciplina da UNICAMP e 8 créditos dentre o conjunto de disciplinas do quadro abaixo:

    CódigoNome da disciplinaHSSLC
    QA910Tópicos Especiais em Química Analítica I222
    QA911Tópicos Especiais em Química Analítica II222
    QA912Tópicos Especiais em Química Analítica III222
    QA913Tópicos Especiais em Química Analítica IV222
    QA914Tópicos Especiais em Química Analítica V222
    QA915Tópicos Especiais em Química Analítica VI222
    QA916Tópicos Especiais em Química Analítica VII222

     

    QA917Tópicos Especiais em Química Analítica VIII222
    QA918Tópicos Especiais em Química Analítica IX222
    QA919Tópicos Especiais em Química Analítica X222
    QF930Tópicos Especiais em Físico-Química I222
    QF931Tópicos Especiais em Físico-Química II222
    QF932Tópicos Especiais em Físico-Química III222
    QF933Tópicos Especiais em Físico-Química IV222
    QF934Tópicos Especiais em Físico-Química V222
    QF935Tópicos Especiais em Físico-Química VI222
    QF936Tópicos Especiais em Físico-Química VII222
    QF937Tópicos Especiais em Físico-Química VIII222
    QF938Tópicos Especiais em Físico-Química IX222
    QF939Tópicos Especiais em Físico-Química X222
    QG960Tópicos Especiais em Química Geral I222
    QG961Tópicos Especiais em Química Geral II222
    QG962Tópicos Especiais em Química Geral III222
    QG963Tópicos Especiais em Química Geral IV222
    QG964Tópicos Especiais em Química Geral V222
    QG965Tópicos Especiais em Química Geral VI222
    QG966Tópicos Especiais em Química Geral VII222
    QG967Tópicos Especiais em Química Geral VIII222
    QG968Tópicos Especiais em Química Geral IX222
    QG969Tópicos Especiais em Química Geral X222
    QI940Tópicos Especiais em Química Inorgânica I222
    QI941Tópicos Especiais em Química Inorgânica II222
    QI942Tópicos Especiais em Química Inorgânica III222
    QI943Tópicos Especiais em Química Inorgânica IV222
    QI944Tópicos Especiais em Química Inorgânica V222
    QI945Tópicos Especiais em Química Inorgânica VI222
    QI946Tópicos Especiais em Química Inorgânica VII222
    QI947Tópicos Especiais em Química Inorgânica VIII222
    QI948Tópicos Especiais em Química Inorgânica IX222
    QI949Tópicos Especiais em Química Inorgânica X222
    QO920Tópicos Especiais em Química Orgânica I222
    QO921Tópicos Especiais em Química Orgânica II222
    QO922Tópicos Especiais em Química Orgânica III222
    QO923Tópicos Especiais em Química Orgânica IV222
    QO924Tópicos Especiais em Química Orgânica V222
    QO925Tópicos Especiais em Química Orgânica VI222
    QO926Tópicos Especiais em Química Orgânica VII222
    QO927Tópicos Especiais em Química Orgânica VIII222
    QO928Tópicos Especiais em Química Orgânica IX222
    QO929Tópicos Especiais em Química Orgânica X222
    QA851Validação de Métodos Analíticos222
    QA852Aplicações Analíticas da Espectroscopia Vibracional
    QA853Especiação Química222
    QA854Quimiometria222
    QO851Aplicação de tecnologias em química orgânica sintética222
    QO852Introdução à catálise assimétrica222
    QO853Introdução à química supramolecular e catálise

    supramolecular

     

    2

     

    2

     

    2

     

    QO854Nanomateriais para liberação controlada de fármacos222
    QO855Química de produtos naturais222
    QO856Introdução à Química dos compostos heterocíclicos222
    QI851Química Bioinorgânica222
    QI852Química dos Elementos222
    QI853Introdução à Cristalografia222
    QI854Magnetoquímica: Fundamentos e Aplicações em Materiais

    Moleculares

     

    2

     

    2

     

    2

    QI855Fundamentos e Aplicações de Materiais Luminescentes222
    QF851Quimiometria e o Controle Multivariado de Processos

    Químicos

     

    2

     

    2

     

    2

    QF852Modelagem Molecular222
    QF853Reologia de Sistemas Coloidais222
    QF854Fotoeletroquímica em Materiais Semicondutores: Princípios

    e Aplicações

     

    2

     

    2

     

    2

    Sugestão do IQ, unidade responsável pelo curso, para o cumprimento do currículo pleno em 8 semestres:
    1º Semestre: MA111(06) MA141(04) QG005(01) QG108(04) QG109(04) QG362(02)
    2º Semestre: F128(04) F129(02) MA211(06) QA282(08) QI145(04) QO321(04)
    3º Semestre: MA311(06) QA381 (02), QA383 (02) QI345(04) QO521(06) QF431(04)
    4º Semestre: F328(04) QG464(04) QA481(02) QA483(02) QF531(04) QI245(02) QO423(02) QO424(02)
    5º Semestre: EQ481(04) QF530(04) QA583(02) QA584(06) QI545(02) QG564(08) QO551(04)
    6º Semestre: EQ582(04) QF632(08) QA815(04) QO622(08) QF661 (04)
    7º Semestre: QF053(04) QF835(04) QI542(08) EM312(04) TA918(04) Eletivas (04)
    8º Semestre: Eletivas(12) QG080(08)

     

    Curso 50 – Química Tecnológica

    Núcleo Comum

    CódigoNome da disciplinaHSSLC
    CE738Economia para Engenharia444
    EM312Desenho Técnico444
    EQ481Introdução à Engenharia Química444
    EQ582Fenômenos de Transporte e Operações Unitárias444
    F128Física Geral I444
    F129Física Experimental I222
    F328Física Geral III444
    MA111Cálculo I666
    MA141Geometria Analítica e Vetores444
    MA211Cálculo II666
    MA311Cálculo III666
    QA282Química Clássica888
    QA381Espectroanalítica222
    QA383Eletroanalítica222
    QA481Métodos de Separação222
    QA483Estatística Aplicada à Química Analítica222
    QA583Preparo de Amostras222
    QA584Laboratório de Química Analítica Instrumental666
    QA815Química do Meio Ambiente444
    QF053Laboratório de Química Aplicada444
    QF431Físico-Química I444
    QF530Introdução à Química Quântica e Espectroscopia Molecular444
    QF531Físico-Química II444
    QF661Química Aplicada444
    QF835Processos Industriais444
    QF952Físico-Química Experimental868
    QG080Estágio888
    QG108Química Geral Teórica444
    QG109Química Geral Experimental444
    QG362Química com Segurança222
    QG464Laboratório Integrado444
    QG650Química Orgânica e Inorgânica Experimental868
    QI145Interações Químicas424
    QI245Química de Sólidos222
    QI345Química de Coordenação424
    QI543Química Inorgânica Experimental II868
    QI545Química de Organometálicos222
    QO321Química Orgânica I444
    QO423Fundamentos de Espectrometria de Massas222
    QO424Fundamentos     de                           Espectroscopia        de                           Ressonância Magnética Nuclear222
    QO521Química Orgânica II666
    QO551Bioquímica I444
    QO620Química Orgânica Experimental II868
    TA918Microbiologia e Fermentações444

    Também devem ser cumpridos 12 créditos de disciplinas eletivas, sendo 4 créditos em qualquer disciplina da UNICAMP e8 créditos dentre o conjunto de disciplinas do quadro abaixo:

    CódigoNome da disciplinaHSSLC
    QA910Tópicos Especiais em Química Analítica I222
    QA911Tópicos Especiais em Química Analítica II222
    QA912Tópicos Especiais em Química Analítica III222
    QA913Tópicos Especiais em Química Analítica IV222
    QA914Tópicos Especiais em Química Analítica V222
    QA915Tópicos Especiais em Química Analítica VI222
    QA916Tópicos Especiais em Química Analítica VII222
    QA917Tópicos Especiais em Química Analítica VIII222
    QA918Tópicos Especiais em Química Analítica IX222
    QA919Tópicos Especiais em Química Analítica X222
    QF930Tópicos Especiais em Físico-Química I222
    QF931Tópicos Especiais em Físico-Química II222
    QF932Tópicos Especiais em Físico-Química III222
    QF933Tópicos Especiais em Físico-Química IV222
    QF934Tópicos Especiais em Físico-Química V222
    QF935Tópicos Especiais em Físico-Química VI222
    QF936Tópicos Especiais em Físico-Química VII222
    QF937Tópicos Especiais em Físico-Química VIII222
    QF938Tópicos Especiais em Físico-Química IX222
    QF939Tópicos Especiais em Físico-Química X222
    QG960Tópicos Especiais em Química Geral I222
    QG961Tópicos Especiais em Química Geral II222
    QG962Tópicos Especiais em Química Geral III222
    QG963Tópicos Especiais em Química Geral IV222
    QG964Tópicos Especiais em Química Geral V222
    QG965Tópicos Especiais em Química Geral VI222
    QG966Tópicos Especiais em Química Geral VII222
    QG967Tópicos Especiais em Química Geral VIII222
    QG968Tópicos Especiais em Química Geral IX222
    QG969Tópicos Especiais em Química Geral X222
    QI940Tópicos Especiais em Química Inorgânica I222
    QI941Tópicos Especiais em Química Inorgânica II222
    QI942Tópicos Especiais em Química Inorgânica III222
    QI943Tópicos Especiais em Química Inorgânica IV222
    QI944Tópicos Especiais em Química Inorgânica V222
    QI945Tópicos Especiais em Química Inorgânica VI222
    QI946Tópicos Especiais em Química Inorgânica VII222
    QI947Tópicos Especiais em Química Inorgânica VIII222
    QI948Tópicos Especiais em Química Inorgânica IX222
    QI949Tópicos Especiais em Química Inorgânica X222
    QO920Tópicos Especiais em Química Orgânica I222
    QO921Tópicos Especiais em Química Orgânica II222
    QO922Tópicos Especiais em Química Orgânica III222
    QO923Tópicos Especiais em Química Orgânica IV222
    QO924Tópicos Especiais em Química Orgânica V222

     

    QO925Tópicos Especiais em Química Orgânica VI222
    QO926Tópicos Especiais em Química Orgânica VII222
    QO927Tópicos Especiais em Química Orgânica VIII222
    QO928Tópicos Especiais em Química Orgânica IX222
    QO929Tópicos Especiais em Química Orgânica X222
    QA851Validação de Métodos Analíticos222
    QA852Aplicações Analíticas da Espectroscopia Vibracional
    QA853Especiação Química222
    QA854Quimiometria222
    QO851Aplicação de tecnologias em química orgânica sintética222
    QO852Introdução à catálise assimétrica222
    QO853Introdução à química supramolecular e catálise

    supramolecular

     

    2

     

    2

     

    2

    QO854Nanomateriais para liberação controlada de fármacos222
    QO855Química de produtos naturais222
    QO856Introdução à Química dos compostos heterocíclicos222
    QI851Química Bioinorgânica222
    QI852Química dos Elementos222
    QI853Introdução à Cristalografia222
    QI854Magnetoquímica: Fundamentos e Aplicações em Materiais

    Moleculares

     

    2

     

    2

     

    2

    QI855Fundamentos e Aplicações de Materiais Luminescentes222
    QF851Quimiometria e o Controle Multivariado de Processos

    Químicos

     

    2

     

    2

     

    2

    QF852Modelagem Molecular222
    QF853Reologia de Sistemas Coloidais222
    QF854Fotoeletroquímica em Materiais Semicondutores: Princípios

    e Aplicações

     

    2

     

    2

     

    2

    Sugestão do IQ, unidade responsável pelo curso, para o cumprimento do currículo pleno em 10 semestres:

    01. Semestre: MA111(06) MA141(04) QG108(04) QG362(02)
    02. Semestre: F128(04) F129(02) MA211(06) QG109(04)
    03. Semestre: MA311(06) QA282(08) QI145(04) QO321(04)
    04. Semestre: QA381(02) QA383(02) QI345(04) QO521(06) QO423(02) QF431(04)
    05. Semestre: F328(04) QF531(04) QI245(02) QO424(02) QA481(02) QA483(02) QG464(04)
    06. Semestre: QA583(02) QA584(06) QO551(04) QG650(08) EQ481(04)
    07. Semestre: EM312(04) EQ582(04) QO620(08) TA918(04) Eletivas (04)
    08. Semestre: QF530(04) QF952(08) QI545(02) QF835(04)
    09. Semestre: CE738(04) QA815(04) QF661(04) QI543(08) Eletivas(04)
    10. Semestre: Eletivas(04) QF053(04) QG080(08)

Menu de acesso rápido IQ Unicamp

Bem-vindo ao menu de acesso rápido do IQ Unicamp.

Utilize os botões abaixo para acesso facilitado às principais áreas do website.